23
maio
10

The Beatles – A Hard Day’s Night (1964)

Olá povo de Roma, hoje estamos em 1964, na Inglaterra pós-guerra, cheia de baby-boomers, MOD’s como o André Mod, e brigas nas praias de Brighton. E, quatro rapazes fazem um grande sucesso nesse ano, com seu primeiro filme lançado: A Hard Day’s Night. E enquanto isso, a trilha sonora também faz um puta sucesso, tendo também regravações com letras “genéticamente-brasileiramente-modificadas”, com vocês: The Beatles.

E eu estou trabalhando como um cão !
Considerado para alguns, o melhor disco deles.

The Beatles – A Hard Day’s Night (1964)

1-A Hard Day’s Night:
-Aqui, a música que dá ao nome do disco mostra que isso é batuta de bom. O filme em si também é massa, mais o disco tem o algo mais. Deve ser o dançante, pulsante…Essa música, tem um solo maravilhoso de Finado Harrison em sua guitarra Gretsch, fullgás e certeiro. Os vocais meio nasalados de John aqui estão em condução com a música. Ponto pra eles. De o a 10 ? 7,25

2-I Should Have Known Better:
-Aqui pelo Brasil teve uma re-gravação lançada como “Menina Linda”, por Renato & Seus Blue Caps, eu acho. A Original se mantém bonita, com um solo de guitarra e de gaita muito harmonicos com a melodia. E enquanto no Brasil se falava de um amor, na terra da rainha se falava de uma desilusão, muito triste. De o a 10 ? 7,5

3-If I Feel:
-A Rita Lee fez uma versão dessa, muito broxante. Mais, a original, de tão down que é, fica linda, ainda mais com John cantando e os violões o acompanhando, bem no tipo “Mariachi” da coisa. Boa pra ouvir enquanto se faz amor. De o a 10 ? 6,5

4-I’m Happy Just To Dance With You:
-Uma das primeiras músicas de Harrison, que é muito boa, por sinal, e bem dançante, agitada e pulsante. Falando de um amor (pra variar…), o cara vai estar feliz só de dançar com a menina dele. E é isso aí. A introdução do começo, que também é a melodia do refrão, também é muito maneira, um pseudo-micro-solo bem agudo, quase um quebrador de vidros. De o a 10 ? 7,75

5-And I Love Her:
-Bem, essa música é muito linda, dor-de-cotovelo/bregueira/cíumeira ao máximo, do tipo “Trófeu Odair José” de brega-romântico. Um acústico com violões bem planejados, um apenas solando, duas vozes, uma sobreposta da outra, talvez. Com acompanhamentos de bongô, ela ganha uma sustância boa o bastante pra limapr o “pouco” do brega que há nela. No disco “Build Up” da Rita Lee, de 1970 ela também faz uma versão dessa música, meio que bem sucedida. Eu acho. De o a 10 ? 6,75

6-Tell Me Why:
-Uma intro de virada de bateria, e piano, mostra algo dançante, e maneiro para se ouvir, lembra até Call Perkins ou Chuck Berry, na sua mais dura e sólida veia de “Rock & Roll” (antes mesmo de ser ” ‘n’ “). Algo bem americano para ser de quatro ingleses, e isso mostra que eles tinham competência para ser bons músicos, como provaram até 1970. De o a 10 ? 7,0

7-Can’t Buy Me Love:
-Um dos maiores singles deles, ficando em Nº1 por um tempo, a música é rápida, com solo bem calmo para ser algo da altura do Finado Harrison e direta, com direito a paradinhas, que todo mundo ama (Menos no futebol). Falando que amor não se compra,  e sim se ganha. Ponto pra eles. De o a 10 ? 7,0

8-Any Time At All:
-Uma música também falando de ? É, amor. Uma intro com a batida seca na bateria, e um grito forte, começa uma das melhores músicas desse disco, e . De o a 10 ? 8,0

9-I’ll Cry Instead:
-Uma intro “desorganizada de propósito”, e uma melodia meio country, faz essa música ser inssosa. Nem boa, nem ruim, nem nada, e isso é ruim pra uma banda do porte deles. De o a 10 ? 6,5

10-Things We said Today:
-Com uma intro no violão de John, Paul Mc Cartney faz a voz de uma das mais lindas músicas dos Beatles. com um clima ameno, que toma gás e fôlego na hora do refrão, essa música tem sua beleza escondida em vários fatores, como na timida guitarra no meio dos instrumentos. De o a 10 ? 8,5

11-When I Get Home:
-Alguém deve explicações a patroa, é sobre isso que fala esse som, e com uma intro agitada, e um refrão de qualquer jeito, temos mais uma música inssosa. Se não fosse pelos instrumentos bem-encaixados nela. De o a 10 ? 5,25

12-You Can’t Do That:
-Uma música “experimental”, com uma intro paracida com “Spanish Harlem Incident” dos Byrds, e a voz forte e menos nasalada do Lennon, essa faixa tem força e uma guitarra de Harrison entre “dedilhada e solada”, o que dá um charme nela. Algo também bem 64 para 68, mais psych, e puxando para um “Surrealistic Pillow” da vida. Bem a-front do tempo de 64. De o a 10 ? 6,25

13-I’ll Be Back:
-Uma “If I Fell + And I Love Her + Things We Said Today + Instrumentos” da vida. Maravilhosa, e com violões, baixo e bateria em ordem, vozes juntas como um coro perfeito. Lennon toma parte na letra, com ua voz boa. Em melodia descente de Am (Lá Menor), ela tem sua beleza-melancólica, o que encerra o disco com uma ótima e linda faixa. De o a 10 ? 8,25

E com esse barulho, nos vemos no próximo disco, em algum lugar do remoto tempo das Marmotas Celestes. o/


3 Responses to “The Beatles – A Hard Day’s Night (1964)”


  1. 1 João Viana
    maio 23, 2010 às 10:07 PM

    gosto demais.

  2. 2 Pedro Henrique
    dezembro 4, 2010 às 11:57 PM

    ótimo post, eu sou beatlemaníaco e adorei, parabéns pro site

  3. julho 30, 2012 às 6:44 PM

    desculpe mas eu discordo das notas que vc deu para as musicas.e and i love her n é brega.é uma das mais bonitas deles.e dá uma chance você pegou um dos primeiros álbuns.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Alfarrábios

maio 2010
S T Q Q S S D
    jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Assine nossas News !

Junte-se a 2 outros seguidores

Archivos !

Os 5 Mais.


%d blogueiros gostam disto: